Mercado Xique Blog

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Um quase casório e muito amor...

"Você me mete em cada uma, viu?" Foi isso que eu ouvi dele, depois de se ver todo arrumadinho no espelho com direito a blazer claro e tudo. A nossa vida é assim, sem rotina, cada dia com uma novidade louca diferente. Ele me leva pra produzir o show da banda dele, eu levo ele pra escolher tecidos, ele me leva pra conhecer um lugar diferente de tudo que eu já vi e eu o levo pro parque pra ter um dia de fotos... 

Essa tarde foi assim. Anne Pacheco, uma fotógrafa super legal daqui, chamou a gente pra ser modelo de umas fotos que serviriam pra um workshop que ela estava dando pra um grupo fotógrafos (por isso nas fotos vocês vão ver vários créditos diferentes, tá?). A gente nem gosta de aventura... topamos. E foi uma delícia! 

Fomos pro Parque da Cidade, um parque lindo que tem aqui em Aju com zoológico, macaquinhos no meio do lago e teleférico, pra fotografar com o sol lindo de fim de tarde. Ela escolheu o local e a gente entrou na onda de noivinhos, até porque estamos entrando nessa onda de vez daqui há alguns meses, hehe...

As fotos já vão servir pro nosso casório e foi super engraçado ver os amigos mandando mensagem dando parabéns pelo casamento e tudo! rsrs Quanto às fotos só tenho a dizer que foi uma tarde ótima e que se tem algum casal pensando em fazer, vale super a pena! É como tatuar o amor pro resto da vida em fotos... vamos guardar com todo o carinho do mundo.













Maquiagem e cabelo: Marcelo, do Ânimma (ameei!)
Vestido: Silvana Costa

Um beijo especial pra equipe de Anne, que é um doce como ela e tem um carinho e profissionalismo enorme pelo que fazem. E outros beijos pra todos os fotógrafos que estavam lá, a gente amou! 

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Que venha o carnaval!

Agora é oficial, o carnaval já chegou! Tá que ainda falta umas semaninhas pra  gente poder colocar a mochila nas costas e sair por aí pra curtir algum carnaval de rua com os amigos mas pode ter certeza que já tem muito gente comemorando por aí, quer uma prova? A gente mostra pra você!

No dia 24 de janeiro, aconteceu lá em São Paulo o Baile de Gala e Fantasia da Vogue, que claaaaro não é uma festa popular de carnaval, mas que serve sim de inspiração aqui pra nós. É claro que ninguém vai sair pra um bloquinho de rua usando salto 15 com uns 2 kg de maquiagem na cara e um vestido que com certeza a gente não vai conseguir parcelar em 3 vezes no nosso cartão nosso de cada dia ehe, mas é super válido dar uma olhadinha e se inspirar, porque moda é simplesmente isso, inspiração! Então bora lá ver os looks da night mais glamourosa do ano e trazer eles pra nossa realidade: 


Helena Musa Bordon de Diabinha: Tem muita gente por aí dizendo que a fantasia da Helena foi uma das mais bonitas, se não a mais, da noite. A gente concorda! O vestidão aí de cima foi feito especialmente para o corpitcho da moça por ninguém mais ninguém menos que Patricia Bonaldi, o resultado só podia ser esse. Um escândalo né? E você pode sair tão musa quanto a Heleninha quando for desfilar em seu bloco! Atire a primeira pedra quem nunca sonhou em sair de casa com um tridente na mão :p. As vezes rola até um medinho de parecer vulgar, mas isso também é bem fácil de resolver, olha a Helena aí toda deusa e sexy na medida. 


Os acessórios são fundamentais quando você for montar sua fantasia. Gente, não existe diabinha sem chifrinho e tridente, então mãos na massa pra fazer o seu, os da Helena são super fáceis de copiar! Você pode comprar os dois acessórios prontos em armarinhos e customizar (porque tá na moda!!!). Lantejoula, miçangas e até pedraria, tá valendo tudo, isso só vai depender do seu tempo e dindin. A gente aposta que no final das contas você vai ter dois acessórios únicos e lindos. Arrisque sem medo, no carnaval vale tudo. Agora é só trocar o vestido longo e o saltão por opções mais confortáveis e se jogar na folia! 




quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Botas no verão

Em terrinhas como a nossa, onde o inverno é só mais uma data no calendário e o calor bate forte todos os dias do ano já é difícil encontrar meninas que sejam adeptas ao uso de botinhas no dia-a-dia. Tirando os meses das festas juninas onde a galera vai em peso curtir os forrós da vida por aí é até raro se deparar com meninas que usam e abusam das botas pra compor seus looks, maaaas o Xique Xique ta aqui pra te provar que usar botinha é mucho legal e você pode fazer isso de janeiro a janeiro até o mundo acabar #nandoreisfeelings. 

As vezes até rola um medinho daqueles olhares que dizem tipo "vixe que louca, de bota nesse calorzão" mas liberte o espirito hipster que tem aí dentro de você, calce sua botinha e saia por aí cheia de estilo! Pra te ajudar a gente separou várias dicas e looks diferentes, que servem de inspiração e são super usáveis, bora ver:


Shorts + Regata: Vai dizer que é difícil? Você deve sair assim de casa na maioria das vezes, não tem combinação mais fácil, prática e arrumadinha nos dias quentes. É quase o uniforme do verão! Então porque não trocar a rasteirinha nossa de cada dia por uma bota de cano curto? As mais "pesadinhas" como essa da foto fazem toda diferença e deixam o look com uma pegada cheia de estilo. Pra completar um casaquinho, pra usar no shopping, no fim da tarde ou só pra ficar com cara de ryca na foto mesmo! 


Vestidos: Primeiro, em nome dos bons costumes morais espero que isso na foto seja um vestido. Tem coisa mais linda que vestidinho + bota minha gente? Tem não! Vestidos são a cara do verão e fazem o combo perfeito quando combinadinhos com botas. É super legal combinar estampas clássicas e femininas  (como floral ou renda) com as botinhas em cores mais escuras e modelos mais pesados pra dar um ar mais descontraído ao look. 



Saias: Não tem pra onde fugir mesmo, o verão merece as pernocas de fora, então vale usar e abusar também da saias combinadas com botinhas. Esse look da Bethany é a prova que você pode combinar sua bota com peças mais clássicas e montar um look chic e casual, não tão despojado como as outras opções. 

Então é isso minha gente, tá mais que provado que no verão suuuuper pode usar botinhas e que dá pra combinar essas belezuras com tudo que é peça de roupa e montar o look ideal pra cada ocasião. Usem a criatividade, calcem as botas e saiam cheias de estilo por aí. Mil beijos! 


terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Mallu e Marcelo


Se você não é um fã incondicional do Los Hermanos ou não curte o sambinha bom da Mallu Magalhães lhe aconselho parar de ler esse post agora, porque com certeza isso aqui vai ser quase uma declaração de amor pelos dois! Se "separados" os dois já faziam as músicas mais lindas do mundo, imaginem juntinhos, puro amor.

Olhar (e ouvir) o Marcelo e a Mallu juntos é mais ou menos sentar pra assistir sua novela ou filme preferido e ver o casal protagonista trocando declarações de amor, mesmo sem falar nada. A única diferença, e é aí que ta a beleza toda dessa história, é que eles são de verdade, vivem de verdade, tem problemas de verdade e por aí vai...




E mesmo assim, vivendo fora de uma novela, a gente se encanta com cada declaração de amor cantada de  um pro outro, com cada foto simples e cheia de sentimento que ele tira dela e posta lá no Flickr e em como parece ser simples gostar tanto de uma outra pessoa e deixar que os outros saibam disso de uma forma simples e bonita. É por esse, e por mais um bocado de motivos, que a gente adora a Mallu, o Marcelo e gosta ainda mais deles dois juntos. Quanto mais amor sair daí, mais música boa pros nossos ouvidos.

Que nem essa aqui ó:


                      

sábado, 19 de janeiro de 2013

Fotografia, parque e família: todo amor do mundo numa tarde só... ♥



Eu sou do tipo que se encanta pelos encontros. Esses encontros tipo filme mesmo, sabe? Tipo encontrar alguém na fila do ônibus que adore dança que nem você e esse tal encontro renda um papo gostoso a ponto de perder a hora. Tipo encontrar o amor da sua vida no momento errado e aquela pessoa se tornar uma das mais importantes da sua vida. Ou tipo... encontrar pessoas legais, sensíveis... que lhe proporcionem momentos de carinho intenso, inesperadamente.

Foi assim há alguns meses. Um amigo fotógrafo, o Natan Fox, falou de mim pra uma moça que havia acabado de chegar na terrinha. Ela me deixou uma mensagem no facebook se apresentando. Queria apenas que eu conhecesse seu trabalho e que, quem sabe, pudesse comentar com vocês aqui no blog sobre ele, assim, se alguém se interessasse. 

Ela é Luciana Aguilar, viveu cinco anos em Buenos Aires e lá aprendeu sobre fotografia. É apaixonada por bichinhos e acabou indo pra uma área não muito conhecida aqui no Brasil, mas super bombante lá pras Austrálias e Estados Unidos da vida: fotografia de pets. Isso mesmo... a ideia é captar a emoção, o laço do dono com seu animal. E daí no meio da nossa conversa ela descobriu que eu tinha um gato em casa... e que eu e o pai dele éramos completamente apaixonados por esse gordinho. Bom, deu nisso aí que vocês vão ver  nas fotos. 




 













Quero agradecer todo o carinho que Lu teve comigo, com meu amor e com Boris. Além da tarde maravilhosa no Parque da Sementeira, a conversa, a energia boa e o momento inesquecível que ela proporcionou pra nossa mini família, recebi dias depois uma embalagem linda, visivelmente feita com o maior carinho do mundo recheada com duas fotos impressas "que são um presentinho" pra nossa casa, uma carta e o CD com a fotos. Ainda existe amor no mundo! 

Ah e pra não perder o costume, o look que usei foi um vestido que sou loucamente apaixonada. Ganhei da Levi´s do jeito que mais amo receber presentes, pelo correio. O cinto comprei no Brechó B. Luxo, em Sampa e o sapatico comprei no centrão de Sampa também. 

Quem quiser conhecer mais o trabalho dela é só ver ligar pra 79 9193-3000 ou mandar um e-mail pra lucianadeaguilarcoutinho@gmail.com. E já posso dizer... o trabalho vai além de fotografia... ♥ 

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Guia de inspirações do vestido vermelho para formandas (e quem quiser arrasar por aí com ele)

Toda ariana sabe o poder do vermelho. Toda mulher sabe o poder de um vestido. E gente, um vestido na medida certa, com o decote no lugar certo, com a cor certa... faz a dona do vestido parar qualquer festa. E toda mulher sabe, além de todas essas coisas que falei aí em cima, o quanto é difícil escolher o vestido ideal. É festa de formatura, aquela festa da amiga que você espera há meses pra fisgar o gatinho ou até mesmo o vestido do casório. É um dilema que nem Isabeli Fontana, com toda a sua perfeição estética deve escapar... (ou a gente pensa isso, pra se sentir um pouquinho melhor diante dela! hehe)

Tenho visto muuuitas amigas se formando e fico imaginando o quanto deve ser complicado. Fico vendo o modelo que cada uma escolhe e cá pra nós, a gente quer ser a mais linda, né? Vejo também que o que tem de gente se formando em Direito nessa vida, não tá no gibi! Decidi então criar um guia sobre vestidos vermelhos para formandas. Sim, sim... um guia com dicas aleatórias com direito a painel de inspirações com vários modelos... vamos lá?

Peitinhos: decotes com super babados e tecidos franzidos pra turbinar a região, engana qualquer bocó.

Peitão: cuidado com os tomara-que-caia e os modelos com ombros mega estruturados, a ideia é tirar os olhos nos recheados pra não ficar demais. A história é equilibrar com volumes nas partes baixas. 

Sapato vermelho + vestido vermelho: pode sim senhora! O legal é só tomar cuidado pra tentar igualar os tons dos dois. 

 



 

♥ O sapato perfeito: nude, nude, nude! Dá certo em quase 99% dos casos, comprovado cientificamente. Usar o sapato na cor da sua pele alonga, disfarça, chama a atenção pro que importa (o vestido, jóias, etc.) e dá pra enganar na altura usando um sapatico fechado com salto interno. Dica de baixinha ousada, anote aí... hehe

♥ Santo equilíbrio: se ligaê fia! Nada de abusar demais. Se o vestido tem uma super fenda na perna, deixe tudo escondidinho lá em cima. Se possível arranje um com mangas longas (no nosso caso de Aju 40º não é tão possível assim...). Se tem decotão nas costas, vá com calma no decote na frente. E vá com fé, menina!

Batom vermelho? Até pode... se não tiver com um saltão na mesma cor e souber equilibrar na sombra dos olhos, né? Sou super suspeita pra falar de batom vermelho...

Cabelo preso pede brincão. Mas aqueele brinco, sabe? Não precisa ser jóia, eu mesma sou super adepta das bijoux bonitonas. Pode arriscar na cor e na textura.

Na hora de escolher a melhor coisa é provar, provar e provar. E sim, eu odeio fazer isso, mas é tipo depilação, não tem outro jeito. Pra mim todos os tons de vermelho são lindos. Quem adora esmalte pode até fazer lá suas comparações... o Gabriela (ou vermelho-quenga pros nordestinos, hehe), que é aquele bem abertão, quase laranja. Um tom bordô, mais vinho, mais velho... ah, o tecido também dita o tom, viu?

 Vermelho é vermelho. O MC Donalds escolheu amarelo e vermelho pra fisgar o cosumidor, minha filha! Imagine você num red dress? kkkkk...

 E aí, gostaram do guia doidinho? Vamos nos falando aqui nos comentários, meninas! 

Uma boa dica pra procurar (e achar) váários vestidos vermelhos e provar à vontade é na Xique Xique, loja especializada em vestido bem lindões de festa aqui em Aracaju. O endereço tá aqui do ladinho ó <<. A maioria das roupas de festas de lá vem de fora e a loja super se preocupa em trazer modelos diferentes, já que a gente mora em cidade pequena isso é um fator bem importante e considerável, né? hehe 

Beijos, beijos! Bele.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Batalha de looks em clima de carnaval da Leader!

Qual a blogueira que não se diverte participando de batalha de look? Pois é, quando o pessoal ligou pra gente fazendo o convite não pensamos duas vezes. A história toda é pra comemorar em clima de folia a loja nova da Leader lá no Shopping Prêmio. A gente recebeu um abadá de mentirinha, fez a customização e correu pra loja pra montar um look perfeito pra pular até não aguentar mais, no nosso caso, no Pré-Caju, hehe.

Dessa vez a nossa menina do Mercado Catarina de Farias fez o styling (a fia da mãe é boa nisso) e ficou bem com a carinha dela, além de super confortável... eu amei! Ela escolheu tênis preto da Converse, bom pra não ficar cinco anos lavando até sair a sujeirinha toda e sainha preta com pregas (alô meninas, coloquem shortinho embaixo pra não pagar calcinha haha!).






Pra o MX ganhar a batalha é só curtir o look de Cata aqui nesse link da fanpage:
http://www.facebook.com/photo.php?fbid=439026122829674&set=a.439025742829712.100407.151710248227931&type=3&theater  

A batalha rola até amanhã, dia 17, até 11:00h! Então cooorre, gente! A ganhadora leva R$500 em compras na loja ou 02 convites pra curtir o Pré-Caju. Uhu!! \o/ Simbora curtir, gente!

Arquitetura efêmera e outros papos

É uma delícia conversar com gente diferente que gosta de um monte de coisa que você gosta, né? Foi assim com Luciano Vasconvelos. A gente se batia várias vezes na faculdade (ele é alguns períodos à frente) e sempre ficava do lado de cá achando massa os trabalhos e o jeitinho que ele via a Arquitetura... Hoje ele é Arquiteto e Urbanista e tem feito vários trabalhos bem legais na cidade. Posso chamar pro papo?



Bele: Queria saber de você como foram os primeiros trabalhos, se rolou ainda quando tava na faculdade... como aconteceu? 
Luciano: Os primeiros trabalhos surgiram depois de formado, durante a academia a dedicação era exclusiva aos estudos e ao estágio, não pensava em atuar durante a faculdade... pensava em me preparar para o mercado que estava por vir. Não concordo em exercer uma profissão da qual não se tem diploma ainda, por mais que tenha talento e tudo mais, como vejo isso muito forte, alunos do 6º período atuando, passando cartões de visitas onde lá consta Arquiteto e Urbanista... mas no nosso mercado de trabalho tem muito disso, pessoas atuantes sem o devido título, esperamos que com a entrada do CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil) venha ter uma fiscalização. 
 

Bele: E omo você vê essa profissão aqui em sergipe?
Lu: vejo que o mercado está em crescimento e há uma busca maior pela contratação de nossos serviços. O número de arquitetos aumentou muito com a abertura de novas faculdades e turmas em outros horários, se há essa abertura de novas turmas, estão formando mais arquitetos. Só que o que mais se vê são arquitetos atuando nas áreas de projetos de interiores, Arquitetura de edificicações e Urbanismo, estão mais em alta com os arquitetos formados a mais tempo.



Bele: Pelo que você disse, acabam surgindo mais trabalhos pra você nessa área de interiores... você tem vontade de "fugir" disso? como acha que seria essa fuga?

Lu: Sim, os trabalhos que surgem são mais na área de interiores, mas tenho feito alguns trabalhos na área de arquitetura comercial com a qual tenho me identificado muito, além de trabalhar como arquiteto autônomo trabalho como arquiteto colaborador no escritório Murilo Guerra Arquitetura, é onde tenho o maior contato com projetos de grande porte, onde passei 02 anos como estagiário e 02 anos como arquiteto, o que tem me rendido uma grande bagagem e aprendizado profissional. Penso um dia quem sabe, mudar de cidade, ou até mesmo ficar aqui e aos poucos vou conquistando minha clientela e os projetos vão surgindo, prefiro assim, aponta pra fé e rema que um dia chego lá.


Bele: Pois é, acompanho bastante seus trampos com a área comercial e adoro. Mas me diz... Na faculdade se a gente comparasse a uma torta de maçã, acaba comendo 3/4 dela pra projetar a parte técnica e sobra um pedacinho pra pensar no conceito e se deliciar com a ideia em si... você acha que é isso mesmo? Na sua época rolava isso? 
Lu: Então esse lance de conceito sempre era uma confusão, um professor falava uma coisa, outro já tinha uma idéia totalmente diferente. Os professores que ligavam a idéia de conceito e forma pra mim eram os piores, porque os projetos que eram apresentados em sala de aula chegavam a ser bizarros, função que era bom ninguém pensava e só ficava preso a tal da forma. Conceito de projeto para mim é tudo que envolve o projeto, a função, a forma, a técnica.

Bele: Lembro que o tema do seu TFG [Trabalho Final de Graduação] foi bem diferente... pode contar um pouco como foi?
Lu: Eu defini no 5º período que queria fazer algo diferente. Lembro que estava em uma aula de Teoria da Arquitetura com a prof. Dr.a Ana Maria, e alguém falou que teríamos que sair cedo para ir numa rave e para ela, eu era o líder do grupo. Daí ela chegou pra mim e disse q daria um bom tema de TFG, começamos a discutir mais sobre o assunto e fui amadurecendo a ideia. Foi um tema bastante complicado para ser pesquisado, porque havia pouca coisa escrita sobre o assunto, daí tive que recorrer a áreas fora da arquitetura como jornalismo e ciencias sociais, mas no fim quando tudo estava pronto vi que tinha cumprido direitinho com o q tinha me proposto a fazer. 


O título do trabalho é Conexão, Desconexão, Reconexão: A arquitetura fantástica das festas raves, foi a proposta de estruturas efemêras para o espaço de uma festa rave, que podessem ser desmontandas, e montadas em outros locais para a mesma função, ou uma outra função qualquer.





  

          

http://static.ak.fbcdn.net/rsrc.php/v2/y4/r/-PAXP-deijE.gif
Bele: E hoje, você se sente instigado a fazer algo diferente pela e com a arquitetura?
Lu: Pela arquitetura e com arquitetura, gostaria muito de trabalhar com cenários, acho que poderia render muita coisa boa, estruturas efêmeras é uma paixão, que espero por em prática assim que possível. 



Bele: Massa essa ideia de "estrutura efêmera". Realmente acho que tem um campo muito grande aqui em Aracaju, temos muitas festas grandes como a Vooar, que acabou de acontecer e que são muito interessantes, mas que ficariam ainda melhores com um projeto assim. Acho que é isso que falta na arquitetura sergipana: as pessoas entenderem que isso também é arquitetura!
Lu: Verdade, até alguns professores me questionavam disso não ser arquitetuta, arquitetura pra mim é qualquer coisa que você dá função e que uma pessoa possa vir a usufruir, um pedaço de papelão para um morador de rua é arquitetura, pode ser o abrigo temporário dele


Bele: Exatamente! É um olhar da Arquitetura que me encanta, esse... 



Um super obrigada ao Luciano (olha ele aí em cima), adoramos o papo! ;)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Pra começar bem a semana

Dar bom dia ao porteiro, um oi pra quem tá no elevador, um sorriso pro motorista do ônibus que parou fora do ponto pra você não se atrasar. Atitudes pequenas, consideradas sem importância por muitas pessoas as vezes podem mudar uma vida! Quer uma prova? Então lê aí essa história linda: 

Uma carta enviada por um garoto de sete anos à Lego, produtora de brinquedos infantis, nos Estados Unidos e a resposta dada pela empresa chamaram a atenção em todo o mundo. Após perder um boneco comprado no Natal com seu próprio dinheiro, Luka Apps escreveu contando seu problema da seguinte forma:

“Olá, meu nome é Luka Apps e tenho sete anos. Com todo o dinheiro que eu ganhei no Natal comprei o kit Ultrasonic Raider, do Ninjago. O númeroé 9449. Ele é muito bom mesmo. Meu pai foi me levar ao Sainsburys [shopping] e me falou para eu deixar os bonecos em casa, mas eu os levei e acabei perdendo o Jay ZX, pois ele caiu do bolso do meu casaco. Fiquei muito triste por tê-lo perdido. Meu pai falou que eu poderia mandar essa carta para vocês para ver se podem me mandar um outro. Prometo nunca mais levá-lo ao shopping de novo se vocês puderem me mandar um. Luka” 






A empresa respondeu e fez o caso ficar famoso no mundo. Entrando no universo infantil, eis a resposta do funcionário da LEGO: “Luka, falei com Sensei Wu [personagem da coleção] que você perdeu seu boneco do Jay em uma situação totalmente acidental e que isso nunca, nunca, nunca mais vai acontecer de novo. Então Sensei me pediu para falar isso para você: "Luka, seu pai parece ser um homem realmente muito sábio. Você deve sempre proteger seus bonecos Ninjago como os dragões protegem as armas Spinjitzu!". Sensei Wu também me disse que está tudo certo e mandaremos um novo boneco Jay para você. Além disso, somente um fã de verdade gastaria todo seu dinheiro de Natal com o kit completo! Por conta disso, mandaremos algo extra para você. Esperamos que você goste do Jay que vai receber com o kit completo de armas e nosso presente, um cara realmente mau que possa lutar com ele! Mas lembre-se sempre do que Sensei Wu disse: proteja seus bonecos como as armas do Spinjitzu. E sempre, é claro, ouça o que seu pai falar.”
Retirado de: 
http://br.noticias.yahoo.com

Muito lindo né? Hoje em dia todo mundo parece estar muito ocupado pra perceber a importância que atitudes como essa tem. Mas um oi, bom dia ou um sorriso também podem ser muito importantes pra quem vai receber, assim como a carta foi pro Luka. Então vamos praticar. Boa semana pra vocês!!! 

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Dá o play!

Você tem mil motivos pra comemorar: hoje é sexta-feira! Hoje é dia de pular da cama e ir trabalhar mais feliz, porque a gente sabe que falta só mais um pouquinho pro final de semana tããããão esperado chegar. A semana que pra alguns passou se arrastando agora ta no finalzinho, então comemora aí! Pra te ajudar a gente preparou uma playlist super massa pra você ouvir com seus amigos antes de ir pra balada, colocar pra tocar enquanto se arruma pra sair com o paquerinha ou simplesmente dá o play e dançar em casa junto com o cachorro. Ah, e pra você que ainda trabalha amanhã... ouve também que o tempo vai passar rapidinho!!! Mil beijos pra vocês e um final de semana cheio de música e histórias pra contar na segunda-feira. 

                          we are young by Catarina on Grooveshark

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

A menina com um laço na cabeça


"Luiza Pannunzio apresenta sua personagem principal:  a menina com um laço na cabeça. Onde reinam muitas histórias curtas. Contadas num desenho único. Traçados num triste fim, sempre recomeço. No vai e vem emocional que não tem mais fim. Afim de fazê-lo voltar pra olhar o que há demais nela. Mais uma vez. E outras tantas, quem sabe... prestar atenção nas bobagens que ela faz. Assim como você, ela, todos nós. Ninguéns. E se identificar ou não. Talvez. "


Tá, só com essa descrição aí de cima a Luiza já ganhou nossos corações, mas agora a gente vai mostrar pra vocês mais uns mil motivos pra se apaixonar ainda mais por essa tal "menina com um laço na cabeça", que é a personagem principal de um tumblr com ilustrações fofíssimas, diga-se de passagem, feitas pela Lu (intimidades), que fazem a gente se enxergar em cada desenho que a bonitinha publica. 









Olhando os desenhos dela é meio que impossível, na verdade, realmente impossível não se identificar com a maioria! A menina do laço na cabeça, sofre de amor, tem problemas, família e mais um monte de perrengue no dia-a-dia, que nem nós pobre mortais e é isso que faz a gente se identificar tanto. 

Pra quem gostou muito, muitissimo ou tá morrendo de amores pelas ilustrações da moça, é só clicar aqui e continuar vendo isso e mais um montão de coisas. A Luiza além de fazer desenhos lindos... escreve, tem um ateliê, dois filhos e um marido. É muita inspiração mesmo!!! 

Vitrine

Mercado Xique Blog

www.mercadoxiqueblog.com | Copyright - Todos os direitos reservados | All rights reserved

Join Us