Mercado Xique Blog

terça-feira, 1 de setembro de 2015

É chato, mas precisamos falar sobre cigarro

Antes de tudo, quero muito que veja esse vídeo:


Eu não lembro exatamente a primeira vez que percebi que o cigarro era ruim, mas acho que foi no dia em que cheguei na escola e uma coleguinha de sala, com seus 5 ou 6 anos, disse que meu cabelo estava com cheiro de cigarro. Acho que a intenção dela não era me magoar, mas eu voltei pra casa muito triste naquele dia. 

Talvez eu nunca tenha contado isso ao meu pai, que fuma desde os seus 14 anos e perdeu o seu pai por causa do cigarro, mas eu chorei muito naquele dia. Esse danado de cigarro, aliás, me fez passar por algumas coisas que não gostaria de ter passado nunca. Esse treco de poucos centímetros me fez, por exemplo, não conhecer o avô que eu sempre fui doida pra conhecer. 

Me fez também perder alguns minutos a mais grudadinha com meu pai, porque eu nem sempre conseguia respirar pela boca pra ficar perto dele (sim, essa é a técnica). O cheiro do cigarro é realmente ruim e quem está fumando não percebe mais como incomoda depois de algum tempo no vício. Eu até vi meu pai emagrecer demais ou perder o apetite... Já escondi as carteiras e comemorei quando surgiram aquelas imagens horrendas nos versos delas. Eu sempre fazia questão de deixá-las viradas na mesa, afinal, esperança é a última que morre. 

Eu nunca mais tinha falado com ele sobre isso, mas hoje eu assisti esse vídeo que me tocou profundamente e que me instigou a escrever esse post, quase como as cartinhas que mandava pra ele nos aniversários ou dia dos pais que sempre eram algo como: "Eu te amo muito. Quando vai tentar parar de fumar? Quero que meus filhos conheçam esse avô maravilhoso que você vai ser pra eles". Não era suficiente, nada era suficiente...

Eu cresci e até entendia que, quando ele começou, era muito legal fumar. Ele era e ainda é um cara muito charmoso, tem seu borogodó, gosta de se arrumar, é vaidoso pra caramba. Devia ser muito bonitão com sua calça boca de sino e seus olhos claros deviam conquistar qualquer menina da turma... conquistaram minha mãe no cursinho, oras! E, ah... Elvis fumava e era o cara, caramba!

Eu imagino como deve ser difícil, pai. Eu sei que quando você tem um tempinho, precisa dar suas tragadas. Ou que a vida não anda fácil, o cigarro ajuda a desestressar... Eu ando num meio de artistas, de música, onde todos nos shows gostam de fumar e acham aquilo muito charmoso. Mas eles nem fazem ideia de que, daqui há algum tempo, um amiguinho do seu filho vai dizer, sem maldade, que seu cabelo está cheirando a cigarro. Não vai ser legal.

Amigos que fumam e pai, dedico essa postagem a vocês. ;)
Bele.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vitrine

Mercado Xique Blog

www.mercadoxiqueblog.com | Copyright - Todos os direitos reservados | All rights reserved